Sábado, 24 de Outubro de 2009
“Queremos o Estádio cheio”

 

O argentino Angel Di María fez este sábado, em entrevista conjunta do Site Oficial do Benfica e da Benfica TV, a antevisão do jogo de segunda-feira da Liga portuguesa com o Nacional. O extremo espera dificuldades por parte dos madeirenses e conta com o apoio dos adeptos, numa partida em que será comemorado o 6.º aniversário do Estádio da Luz.

“Creio que vai ser como todos os jogos. Um encontro difícil e que o Nacional vai querer ganhar para estar nos primeiros lugares”, afirmou o número 20 “encarnado”, que acredita que o Nacional poderá acusar “um pouco de cansaço por estar também a jogar na Liga Europa”.

Di María tem estado em evidência nos últimos encontros, tendo feito três assistências na goleada (5-0) frente ao Everton. Questionado sobre a possibilidade de ser alvo de marcação individual no encontro da 8.ª jornada da Liga portuguesa, o futebolista mostrou-se pouco preocupado: “Para mim é igual. Vou fazer o que tenho de fazer, tentar movimentar-me da mesma maneira. Estou muito bem.”

No desafio da temporada anterior, a equipa “encarnada” empatou em casa (0-0) com o Nacional, mas Di María lembra que “o Benfica está muito diferente em relação à época passada”, pelo que o objectivo é somar mais três pontos. “Estamos a dar tudo nos jogos para que os adeptos venham ao Estádio. É uma motivação e espero que na segunda-feira o Estádio esteja cheio e que tudo corra bem”, acrescentou.

Depois da partida com a formação de Manuel Machado, o Benfica desloca-se ao terreno do Sp. Braga. Di María não tem dúvidas: “Vão ser duas finais. Para sermos campeões temos de ganhar todos os jogos.”

A confiança reina no grupo, sendo que o último jogo da Liga Europa contribuiu ainda mais para isso. “O Everton é uma equipa muito grande em Inglaterra e ganhar 5-0 dá muita motivação para os próximos jogos”, afirmou.

Di María não marcou nenhum dos golos frente ao Everton, mas a equipa ganhou com os seus passes bem medidos: “É mais importante fazer as assistências do que fazer um golo. Fiz três assistências e é muito bom.” Nesta altura já são poucos os jogadores do plantel que ainda não marcaram pelo Benfica na presente temporada e o atleta considerou que isso “é bom não só para os jogadores, mas também para a equipa.”

O argentino voltou a destacar a confiança dada pelo técnico Jorge Jesus para estar a atravessar um bom momento: “As coisas estão a sair bem e, por isso, estou a aprender dia-a-dia cada vez mais. Tenho a confiança do mister para ser titular.”

Selecção Argentina

Di María também não escondeu a sua felicidade por estar a ser opção na selecção do seu país: “Depois de quatro jogos de fora por castigo, o Maradona voltou a convocar-me e fui titular nos últimos dois jogos. Estou muito contente por isso e pela qualificação para o Mundial, mas agora tenho de pensar no Benfica.”

O número 20 e o compatriota Pablo Aimar foram chamados pelo seleccionador argentino para os últimos jogos. Sobre a possibilidade de Saviola também poder ir ao Campeonato do Mundo de 2010, Di María acredita que isso é possível: “O Saviola é um grande jogador, sempre foi. Está a marcar golos e a jogar muito bem. Há muitos avançados na selecção Argentina, mas penso que tem possibilidade de ir ao Mundial.”

 

Texto: Rui Manuel Mendes

Fonte: SL Benfica

Patrícia às 21:15
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 27 de Outubro de 2009 às 18:09
Sempre a andar, Patrícia. Este é o verdadeiro Benfica, aquele que dominou até chegar o reino da corrupção e deixar-se submeter por ele.
Assim o Benfica se tornou imenso, o maior e o melhor.

Beijinho, Patrícia

comentar post