Domingo, 13 de Dezembro de 2009
Olhanense 2 - 2 Benfica

O Olhanense bateu o pé ao Benfica e encontrou-se em vantagem bastante cedo, que conseguiu manter até quase ao final. Nuno Gomes evitou a derrota no tempo de compensação, o Benfica regista o terceiro empate na Liga.

Jogo de nervos, emoção, polémica. Três expulsões, uma lesão aparentemente grave, muitas contas para Jorge Jesus fazer antes do jogo com o FC Porto.

O Olhanense entrou muito bem, chegando cedo logo aos 8, de bola parada; cedo se viu que o jogo ia ser quente, na sequência de uma falta sobre Fábio Coentrão, Djalmir foi expulso e Cardozo viu amarelo; Saviola empatou aos 27 e o Olhanense, mesmo reduzido a 10, respondeu da mesma maneira, mas do lado contrário, poucos minutos depois. Ainda antes do intervalo, expulsão de Di María, por pontapé em Carlos Fernandes e lesão aparentemente grave de Ramires, na perna esquerda.

Na segunda parte, o jogo continuou duro, com o Olhanense a perder Miguel Garcia, expulso por entrada dura sobre David Luiz, em resposta a outra entrada do brasileiro que tinha acontecido mais cedo, e o Benfica a perder Fábio Coentrão para o jogo com o FC Porto, por ter chegado ao limite de amarelos.

Nuno Gomes saltou do banco a 10 minutos do fim, acabou por fazer o 2-2 já em tempo de compensação.
 

 

FICHA DE JOGO

 

OLHANENSE: Ventura; Miguel Garcia, Sandro, Anselmo, Carlos Fernandes; Castro (Tengarrinha, 88), Rui Baião, Rui Duarte; Toy (Zequinha, 77), Djalmir e Ukra (Paulo Sérgio, 75)
Suplentes: Ricardo Ferreira, Éder Baiano, Tengarrinha, Messi, Zequinha, Paulo Sérgio e Rabiola

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, César Peixoto (Weldon, 59); Javi García; Ramires (Felipe Menezes, intervalo) Fábio Coentrão (Nuno Gomes, 80), Di María; Saviola e Cardozo
Suplentes: Moreira, Carlos Martins, Weldon, Nuno Gomes, Felipe Menezes, Sidnei e Miguel Vítor

Disciplina: Cartão amarelo a Ukra (21), Castro (23), Carlos Fernandes (52), Rui Duarte(57), Toy (68) ; Cardozo (25), Maxi Pereira (38) César Peixoto (52), Fábio Coentrão (61); Javi Garcia (87). Cartão vermelho a Djalmir (25), Miguel Garcia (88); Di María (41)

Marcador: 1-0 por Carlos Fernandes (8); 1-1 por Saviola (28); 2-1 por Toy (32); 2-2 por Nuno Gomes (90+1)

Fonte: A BOLA

Patrícia às 18:18
link do post | comentar | favorito